terça-feira, 4 de Janeiro de 2011

Mar Mediterrâneo – Pinturas e História


Paisagens Mediterrânicas – Sol, Mar e Serenidade (Pinturas e História)


Ao navegar na Net, encontrei várias fotos de pinturas a óleo relativas a paisagens do Mediterrâneo. São paisagens que inspiram Paz e tranquilidade, onde o azul do céu se envolve com o azul do mar e onde as flores e as casas pintadas de branco são uma constante.


Gostei tanto das imagens, que decidi escolher algumas para colocar aqui no meu blog. Para dar um pouco de contexto a essas pinturas, achei que seria interessante falar um pouco sobre o Mar Mediterrâneo. Para uns será um relembrar, para outros será um aprender.


A História do Mediterrâneo mergulha as suas raízes mais profundas nas diferentes civilizações que se formaram nas suas margens. Durante toda a história foi um mar de extrema importância, uma zona privilegiada de contactos culturais e intensas relações comerciais.


Às margens do Mediterrâneo floresceram, desenvolveram-se e desapareceram importantes civilizações, como: Egípcios, Cananeus, Fenícios, Hititas, Gregos, Cartagineses, Romanos, Macedónios, Berberes, Genoveses eVenezianos.


Na Antiguidade foi usado como rota marítima de comércio pelos fenícios, gregos e romanos. Estes últimos dominaram as suas águas por séculos e passaram a chamá-lo “Maré Nostrum”, que em latim significa “Nosso Mar”.


Com o domínio árabe na Península Ibérica e norte da África, durante os séculos VIII a XIV, o Mar Mediterrâneo foi pouco usado para fins comerciais. Nos séculos XV e XVI, genoveses e venezianos voltaram a dar destaque ao mar, utilizando-o como rota marítima de comércio, principalmente especiarias (cravo, canela, noz moscada, açafrão, pimenta, gengibre) vindas da Ásia.


Localização - O mar Mediterrâneo pertence ao Oceano Atlântico. Situa-se entre a Europa, a Ásia e a África. É considerado o maior mar do mundo em extensão e quantidade de água.


Países banhados pelo Mediterrâneo




• Na Europa (de oeste para leste): Espanha, Gibraltar (do Reino Unido), França, Mónaco, Itália, Malta, Eslovénia, Croácia, Bósnia e Herzegovina, Montenegro, Albânia, Grécia, Chipre e Turquia

• Na Ásia (de norte para sul): Turquia, Síria, Líbano, Israel e Palestina

• Na África (de leste para oeste): Egipto, Líbia, Tunísia, Argélia e Marrocos

Embora não sejam banhados pelo Mar Mediterrâneo, Portugal e Sérvia na Europa, e a Jordânia, na Ásia, são considerados países mediterrânicos devido à proximidade geográfica e sua semelhança com os países do Mediterrâneo.





Principais ilhas do Mediterrâneo

Sicília (Itália)
Sardenha (Itália)
Elba (Itália)
Chipre
Córsega (França)
Creta (Grécia)
Rodes (Grécia)
Baleares(Espanha)
Maiorca (Espanha)
Menorca (Espanha)
Ibiza (Espanha)
Malta


As águas do Mediterrâneo comunicam com o Mar Negro (através dos estreitos de Bósforo e Dardanelos), Oceano Atlântico (através do Estreito de Gibraltar) e com o Mar Vermelho (através do Canal de Suez).


Existem 69 rios que desaguam no Mediterrâneo. Entre eles podemos citar: Nilo, Pó, Tigre, Ebro e Ródano.


O Mar Mediterrâneo possui, em média, uma profundidade de 1400 metros. Em alguns pontos, como por exemplo, na Fossa de Matapan (Grécia) pode chegar a 5200 metros de profundidade. O índice de salinidade do Mediterrâneo é de aproximadamente 4%.


Falar de mar é falar da costa! Toda a região oferece uma assombrosa variedade de litoral, da areia fina e sedosa até á rocha afiada.


Pequenas povoações pesqueiras, com extensas praias de areia branca, são locais ideais onde se pode descansar e apreciar o excelente peixe fresco da região.


A arte é dar corpo e essência ás coisas, por isso adorei estas pinturas que por alguns momentos guiaram os meus pensamentos, para locais que transmitem serenidade, harmonia e paz interior.

Fontes: "Wikipedia"; Enciclopédia "Larousse"; Outros


montagem de fotos


"A arte é a contemplação: é o prazer do espírito que penetra a natureza e descobre que ela também tem uma alma. É a missão mais sublime do homem, pois é o exercício do pensamento que busca compreender o universo, e fazer com que os outros o compreendam."(Auguste Rodin)

7 comentários:

  1. Estou de volta e venho desejar um ano novo pleno de prosperidade ,paz e amor.

    Beijo.

    ResponderEliminar
  2. Amiga,tranquilidade é algo que precisamos para enfrentar este novo ano.Adorei fazer esta viagem belíssima.Como sempre lá estás tu a surpreender-nos.Beijinhos e um ano muito próspero.

    ResponderEliminar
  3. Um post bem a propósito! tranquilo e acolhedor, óptimo para ajudar a combater o cinzento dos dias.
    beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Obrigada, amiga... FELIZ ANO NOVO PRA VC TB..
    Que lindas pinturas, Maria ! Um encanto...

    Beijo

    ResponderEliminar
  5. Maria

    Embora possa saber algums coisa sobre o maditerrâneo. que defeni melhor. Outra não sabia de todo e nunca é demais apreder. Por outro lado a pintura é um espanto de atraente.
    Obrigado!
    Beijos

    ResponderEliminar
  6. Oi Maria,
    Como vai?
    Como é lindo esse seu cantinho...fiquei feliz em encontrá-lo. Gosto muito de conhecer pessoas que também são apaixonadas por arte, cultura, que tentam nos acrescentar algo, sempre muito bom aprender, ninguém é tão bom que saiba tudo, não é? Parabéns pela iniciativa.
    Beijo grande!

    ResponderEliminar
  7. Nossa!!Belíssimas pinturas!!!
    Amo pintura!!É como se cada quadro falasse comigo, me contando uma história!!
    Beijos!

    ResponderEliminar

“Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós” (Antoine de Saint-Exupery).

Obrigado pela sua visita e pelo carinho que demonstrou, ao dispensar um pouco do seu tempo, deixando aqui no meu humilde cantinho, um pouco de si através da sua mensagem.